ARTIGOS

Sukot

ENCONTRO  MARCADO  DOS TABERNÁCULOS

SUKOT

Embaixador Eclesiástico pela ONU

Presidente Regional da Associação de Pastores e Ministro do Brasil da Assembleia de Deus

Conselheiro da Convenção Judaica Messiânica

Emissário das Boas Novas/ /Palestrante / Conferencista/ .

שגריר כנסייה באו”ם

נשיא אזורי של איגוד הכמרים ושר ברזיל לאסיפת האל

יועץ לאמנה היהודית המשיחית

שליח החדשות הטובות / / מרצה / מרצה /.

SUKOT

O Encontro do Sukot é a última  celebração  do Ciclo Festivo de Adonai  e Marca o término da Colheita  de frutos  em Y’Isra’el , assim como a festa de Shavout marca o término da Colheita dos grãos ; ela começa no sétimo do sétimo mês ; tendo a duração de oito dias . Essas festas é  chamada  de festa das Cabanas ou Encontro  do Tabernáculo , pois nesse tempo o povo deveria habitat em cabanas

{…..}33 E falou o Senhor a Moisés, dizendo:

34 Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa dos tabernáculos ao Senhor por sete dias.

35 Ao primeiro dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis.

36 Sete dias oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; ao oitavo dia tereis santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; dia de proibição é, nenhum trabalho servil fareis.

Levítico 23:33-36

{…}39 Porém aos quinze dias do mês sétimo, quando tiverdes recolhido do fruto da terra, celebrareis a festa do Senhor por sete dias; no primeiro dia haverá descanso, e no oitavo dia haverá descanso.

40 E no primeiro dia tomareis para vós ramos de formosas árvores, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas, e salgueiros de ribeiras; e vos alegrareis perante o Senhor vosso Deus por sete dias.

41 E celebrareis esta festa ao Senhor por sete dias cada ano; estatuto perpétuo é pelas vossas gerações; no mês sétimo a celebrareis.

42 Sete dias habitareis em tendas; todos os naturais em Israel habitarão em tendas;

43 Para que saibam as vossas gerações que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito. Eu sou o Senhor vosso Deus.

O Encontro  Marcado ( Festa) do Sukot tem como um dos estatutos de Adonai no meio dois homens,  através dessas moradias temporárias . O povo habitava em cabanas desde a saída de  Mitizrayim, então Adonai instituiu que durante todo o período da celebração do Sukot , independentemente de onde morassem, eles habitassem em uma cabana SUKOT . Tradicionalmente,  essas cabanas eram construídas com Galhos e arbustos folhas de Palmeira e outros materiais naturais provenientes da terra .

O Encontro Marcado ou festa de sukot é a última festa do ciclo é aponta para o cumprimento Profético deste plano em várias esferas , não somente com a habitação da kavod de Adonai no meio do povo através do Tabernáculo mas,  principalmente,  através de envio de seu filho e Yeshua.

O nascimento  de Yeshua já havia sido profetizado por muitos profetas da Tanakh e,  por meio que muitos ainda acreditem em que ele nasceu em dezembro,  é possível ver nas Escrituras que seu nascimento ocorreu  em Sukot e revela o comprimento do plano de restauração do Eterno .

Desde que o povo de Y’isra’el  saiu de Mitzrayim ,  Adonai tinha o objetivo de manifestar Sua Glória ou Kavod no meio do seu povo,  e mandou que Moisés construísse uma tenda para que Ele pudesse habitar no meio deles. Da mesma forma,  inspirado pelo Criador , o  Rei Davi projetou o primeiro templo em Yerushalayim ,  o local que Adonai escolheu para pôr seu nome.

Esse primeiro tempo foi construído por Salomão é inaugurado durante durante a celebração do Sukot,  fazendo dele um lugar de habitação da kavod de Adonai , como relata o texto de 2 crônicas 7 :9.

Essa promessa dada Salomão está diretamente ligado ao plano de restauração da criação ,  visto que Vista que ela fala sobre o propósito Profético exposto no cíclo de Encontro Marcado, ( festa) ,  que é a humilhação a oração ,arrependimento o perdão do pecado e finalmente a manifestação da Kavod ;  tudo isso foi concretizada através da vinda do Messias

As Escrituras falam sobre o dia que Yeshua, que é o esplendor da kavod de Adonai,  vem ao mundo: na festa de Sukot as informações para o cálculo da data foram diretamente expostas nas Escrituras,  mas,  como estão em meio há relatos genealógicos e de escala de serviço da Kahanim ,  geralmente não são observadas atentamente. Existe  uma relação entre o nascimento de João, o Imerssor,   e o nascimento de YESHUA  pois eles eram parentes Observe:

Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.

6 E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.

7 E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.

8 E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma,

LUCAS 1. ⅝

Zacarias pertence à divisão de Abias , essa informação parece irrelevante, mas quando se observa o texto de primeira crônicas 24 nota-se que Davi dividiu os Kahamim em 24 turnos,  cada um com a responsabilidade de servir no templo de por duas semanas. A  divisão de Abias era a 8ª divisão como representada na tabela

Segundo o relato de Lucas 1: 23,  Zacarias voltou para casa após o término do seu período e,  logo em seguida sua esposa Elizabeth ficou grávida ; ela permaneceu em casa por 5 meses. Como o período de serviço de Zacarias se dava na segunda quinzena do quarto mês do calendário , Elizabeth concebe  no primeiro período do quinto mês do calendário bíblico.

Quando Elizabeth estava no sexto mês de gravidez,  o Anjo Gabriel foi enviado a Miriam,  anunciando o nascimento de Yeshua . Ele confirma  a informação de que sua parente Elizabeth estava no sexto mês de gravidez no verso 36 do mesmo Capítulo;  se ela estava no sexto mês de gravidez,  então o Anjo falou com Miriam no décimo mês do calendário bíblico,  provavelmente no início do segundo período desse mês.

Logo após a visita do anjo,  Miriam vai visitar Elizabeth  mas quando chega em sua casa,  Mirian já havia concebido Yeshua em seu ventre,  conforme escrito no verso 42 de Lucas 1.

Conta-se nove meses desde a concepção de Yeshua,  que foi no décimo mês do calendário bíblico,  e o resultado é o sétimo mês do calendário,  em torno da segunda quinzena do mês,  período exato que ocorre a Festa  do Sukot  ou Encontro Marcado do Sukot.

INSTRUÇÕES SOBRE O ENCONTRO COM ADONAI

Deuteronômio 24

“Ninguém compareça perante mim de mãos vazias.

(Números 28:11-15)

Deus instituiu os inícios dos meses para que os filhos de Israel oferecerem uma oferta de honra ao Senhor. Esta oferta é tanto de santificação quanto de primícias. Ela é entregue nas mãos do sacerdote, e ele ora liberando uma benção especial sobre o ofertante.

“E, se as primícias também a massa (o restante) o é; se a raiz é santa, também os ramos o são.” (Romanos 11:16).

Ao ofertar  estamos a santificar o tempo, o mês, consagrando-o ao Senhor.

Quanto ao valor pode ser oferecido:

1 – Oferta de Primícias: Equivalente ao valor de um dia de trabalho. Ou o valor igual ao dízimo (10% do valor da renda pessoal).

PROJETO MOVER DE DEUS

PROJETO QUE TEM POR OBJETIVOS LEVAR O EVANGELHO DE YESHUA  HAMASHIA (JESUS O CRISTO)  EM SUA ESSÊNCIA, SEM INFLUÊNCIAS DOUTRINÁRIAS RELIGIOSAS E NÃO-BÍBLICAS.

NO QUE CREMOS:

Cremos que Adonai não mudou, ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Ele é o Criador de Todas e Dele, por ele e para Ele são todas as coisas.

Cremos que Jesus é o Messias, o filho de Deus, que veio ao mundo, morreu e o Pai o ressuscitou, estando hoje assentado a destra do Todo Poderoso.

Cremos que o Espírito do Senhor foi nos dado como conselheiro consolador, um agente transformador para o homem de dentro pra fora, ativando dons e frutos do espírito para reconectar o homem ao criador

Radio Mover de Deus

Disponível para Android!

Pode ser baixado pelo link

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.subcast.app.radiomoverdedeus